Sandra Nodari

Doutoranda em Ciências da Informação na Universidade Fernando Pessoa, no Porto, em Portugal, estuda as vozes femininas nos telejornais brasileiros e portugueses, a partir do Lugar de Fala ou Feminist Stand Point. Possui mestrado em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná e graduação em Comunicação Social Habilitação em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (PR). É professora em regime Tempo Integral da Universidade Positivo onde leciona disciplinas ligadas ao audiovisual para o curso de Jornalismo, além de orientar projetos de Iniciação Científica e Trabalhos de Conclusão de Curso, desde 2011. Foi professora da Universidade Tuiuti do Paraná entre 2003 e 2010. Coordenou a Pós-Graduação em Produção Audiovisual e a especialização em Produção Audiovisual em Multiplataformas. Como jornalista, já foi repórter, editora, produtora e apresentadora em emissoras de TV e Rádio. Hoje atua hoje como freelancer, também, em assessoria de imprensa. No cinema, tem experiência na produção, pesquisa, assistência de direção e roteiro de documentários. Realiza roteiros de vídeos institucionais para o Grupo Positivo e coordena parcerias entre a Universidade Positivo e a TV É Paraná e o Canal Futura. É pesquisadora do cinema documentário e jornalismo audiovisual. (Texto informado pelo autor)


Produção bibliográfica

Produção técnica

Produção artística

Orientações em andamento

Supervisões e orientações concluídas

Projetos de pesquisa

  • Total de projetos de pesquisa (9)
    1. 2016-2017. Telejornalismo na WEB: Uma proposta para a TV Teia
      Descrição: A era digital proporciona ao jornalismo multiplicidades de produção de conteúdo e ao mesmo tempo exige cada vez mais características próprias a determinados meios de comunicação. A convergência dos meios possibilita maior interação com o usuário, e por meio de diferentes plataformas o jornalismo encontra caminhos para chegar ao público interessado. Historicamente a TV herdou conceitos do rádio, e agora as produções para a web se encontram, na maioria das vezes, presas no padrão televisivo. O que se busca neste projeto é uma discussão que possa caracterizar e identificar a produção audiovisual para a internet. Alguns veículos defendem que fazem o uso do telejornalismo para web, porém o que se nota é apenas uma replicação de conteúdo televisivo para os canais on line. O foco de análise deste trabalho é o canal de youtube da TV Teia, laboratório de telejornalismo e audiovisual do curso de Jornalismo da Universidade Positivo, que produz conteúdo para TV e para web.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Sandra Nodari - Coordenador / André Luiz Slosavski - Integrante.
      Membro: Sandra Nodari.
    2. 2016-2017. O impeachment no JN: uma analise da semana anterior a votacao do impeachment pela Camara dos Deputados
      Descrição: Durante o processo de Impeachment da ex-Presidente Dilma Rousseff, houve cobertura das movimentações política pelos mais variados veículos noticiosos. Este trabalho quer investigar como o Jornal Nacional - sendo o telejornal mais assistido do Brasil - se posicionou com suas reportagens e cobertura in loco durante as semanas que antecederam a admissibilidade do processo na Câmara dos Deputados e a votação final no Senado Federal?. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Sandra Nodari - Coordenador / Brayan Valêncio - Integrante.
      Membro: Sandra Nodari.
    3. 2015-2016. Pic: A REINVENCAO DAS ASSESSORIAS DE IMPRENSA DE CURITIBA A PARTIR DA OPERACAO LAVA JATO
      Descrição: O Operação Lava Jato foi deflagrada pela Polícia Federal em março de 2014 para investigar um grande esquema de lavagem e desvio de dinheiro envolvendo a Petrobras, grandes empreiteiras brasileiras e políticos. O responsável pelas investigações, juiz federal Sérgio Moro, atua na sede da Polícia Federal em Curitiba, o que fez da capital o centro das atenções dos veículos de comunicação do país inteiro. Os investigados e acusados que são detidos ou presos são trazidos para a carceragem da PF na capital paranaense. Todos os depoimentos são realizados em Curitiba. Como os réus são políticos e grandes empresários, a operação atrai atenção da imprensa do Brasil inteiro que vem a Curitiba para acompanhar as investigações.A partir desta realidade nova, este projeto quer entender como se dá esta reinvenção das assessorias de imprensa questionando de que forma esta nova postura irá transformar o mercado e as rotinas de trabalhos dos jornalistas das assessorias de imprensa e das redações.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Sandra Nodari - Coordenador / Eduardo Souza Vernizi - Integrante.
      Membro: Sandra Nodari.
    4. 2015-2016. Pic: Sigilo da Fonte: o Direito do Jornalista Ameacado pela Lei
      Descrição: No Paraná, o SindijorPR em conjunto com a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), a Federación de Periodistas de América Latina y el Caribe (Fepalc) e a Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ) denunciaram o que chamaram de ?tentativa de policiais civis e militares do estado do Paraná em quebrar o direito de sigilo de fonte dos jornalistas Mauri König, Felippe Aníbal, Diego Ribeiro e Albari Rosa, do jornal paranaense Gazeta do Povo?. Segundo a denúncia, os jornalistas estariam sendo ?convocados sistematicamente para prestar depoimentos a unidades da Polícia Civil e da Polícia Militar, devido a série de reportagens ?Polícia fora da lei?, que denuncia desvios de conduta de policiais?. Além desta série de reportagens que apresentou imagens e depoimentos de policiais que utilizavam viaturas oficiais em atividades particulares, entre outras, irregularidades, outras reportagens que tinham policiais como personagens também estariam motivando intimações de jornalistas?. ?Além da perda de tempo e do constrangimento, eles são insistentemente inquiridos para revelar as fontes da reportagem?, declara o Sindicato. A partir disso o objetivo geral é: Analisar como se dá a tentativa de quebra de sigilo da fonte jornalística na série de reportagens ?Polícia fora da lei?, que denuncia desvios de conduta de policiais, publicada em 2012, na Gazeta do Povo pelos jornalistas Mauri König, Felippe Aníbal, Diego Ribeiro e Albari Rosa, convocados a prestar depoimentos em unidades das Polícias Civil e Militar inquiridos a divulgar suas fontes.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Sandra Nodari - Coordenador / Daniele Andrade Vieira - Integrante.
      Membro: Sandra Nodari.
    5. 2014-2015. Fontes indefinidas: o porque da nao mencao do nome de empresas ou instituicoes nas reportagens televisivas
      Descrição: A pesquisa deste Projeto de Iniciação Cientifica pretende desmistificar o motivo pelo qual os jornalistas ou veículos inteiros são levados a essa atitude. Serão entrevistados diversos jornalistas, editores e responsáveis por emissoras de televisão na cidade de Curitiba para descobrir qual o real motivo pelo qual isso ainda acontece nas reportagens. Será que o profissional não menciona o nome da instituição ou empresa na intenção de ser imparcial ? supondo que a divulgação poderia passar por uma espécie de merchan? Faz parte da bagagem cultural do jornalista ou é uma designação do veículo? Ou o jornalista importa-se com a relevância do que levará ao seu público e acredita que não tem importância dar o ?crédito? ao que está sendo noticiado? Qual é a ingerência do departamento comercial dentro desta postura no texto jornalístico? São todas questões a serem respondidas pela pequisa.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Sandra Nodari - Coordenador.
      Membro: Sandra Nodari.
    6. 2014-2015. Existe roteiro de documentario? Como os documentaristas de Curitiba produzem seus filmes
      Descrição: O objetivo geral deste projete é descobrir se os documentaristas de Curitiba utilizam roteiros na produção de seus documentários; A proposta é entrevistar 5 documentaristas de Curitiba sobre o uso de roteiro; inventariar quais modelos de roteiro são utilizados; pesquisar quais outros métodos são usados quando não há roteiro; descobrir como se dá a produção de documentários entre a ideia e a exibição; questionar a importância do roteiro para a escritura de editais de fomento à produção audiovisual;. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Integrantes: Sandra Nodari - Integrante / Sandra Nodari ROMANO - Coordenador.
      Membro: Sandra Nodari.
    7. 2013-2014. O CIGARRO VOLTA AO CINEMA
      Descrição: Este projeto de iniciação científica estuda o fato de a indústria do cigarro ter proporcionado ao cinema, nas décadas de 1940 e 1950, dinheiro para financiar grandes e belas obras cinematográficas, de muita qualidade e que fizeram sucesso de público e crítica. Os personagens principais glamourizaram o hábito de fumar o que instigava, incitava, estimulava o público a também fazer uso do cigarro. Hoje o cigarro tornou-se politicamente incorreto para continuar a ser aliado às artes. Várias cidades do mundo impetraram batalhas contra a presença do cigarro em imagens que atingissem principalmente jovens. A imagem de pessoas fumando foi proibida por lei de ser veiculada primeiro durante o dia em emissoras de televisão, depois nem à noite comerciais de cigarro puderam estar presentes nas grades das emissoras. Depois de grandes capitais como Paris, Roma, e outras cidades da Europa, o Brasil também aderiu a proibição do fumo em locais fechados. Hoje fumantes são tratados como pessoas indesejadas em muitos lugares. E no cinema não é diferente. Porém, hoje podemos perceber um retorno do cigarro às telas. Alguns filmes nacionais trazem atores e atrizes considerados estrelas pela mídia, tragando cigarros em cenas diversas. Um destes, é o longa-metragem ?A Busca? (Luciano Moura, 2012) estrelado por Wagner Moura. No filme o personagem principal é um pai, divorciado, que tem dificuldades de relacionar-se com o filho adolescente, com a ex-mulher e com o pai. No road movie, ao perceber que o filho desaparece, o pai é obrigador a iniciar um busca por pistas e seguir caminhos por estradas e situações adversas até encontrar o rapaz. Além dos personagens bem configurados por atores: o pai, a mãe, o filho adolescente, o avô. O cigarro tem configuração de personagem em algumas cenas. Este projeto pode identificar de que forma o cinema vem permitindo a presença do cigarro nas produções atuais e por que isso torna a acontecer num momento em que fumar é uma atitude considerada ?politicamente incorreta?? Como autores, atores e roteiristas decidem incluir o cigarro em suas obras e por quê?. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) . Integrantes: Sandra Nodari - Coordenador / Daniel Martini - Integrante / Gustavo Panacioni - Integrante.
      Membro: Sandra Nodari.
    8. 2013-2014. DRa MORTE: O CASO DA MEDICA ACUSADA DE MATAR PACIENTES NUMA UTI EM CURITIBA E A ETICA JORNALISTICA
      Descrição: Curitiba foi palco de uma das investigações mais noticiadas no país no início do ano de 2013. O caso da médica Virgínia Soares de Souza, acusada de acelerar mortes na Unidade de Terapia Intensiva geral do Hospital Evangélico de Curitiba (PR), foi objeto de reportagens em todo o Brasil e também no exterior. A médica foi presa em 19 de fevereiro de 2013, acusada pela polícia civil do estado de cometer homicídios e de chefiar uma quadrilha que antecipava mortes na UTI do hospital. A investigação teria iniciado há mais de um ano e o resultado foi a apresentação de gravações de conversas telefônicas que apontavam a médica como responsável por várias mortes de pacientes que teriam condições de sobreviver. A imagem que mais circulou entre os veículos de comunicação foi a da médica saindo do NUCRISA- Núcleo de Repressão a Crimes Contra a Saúde (vinculado à Polícia Civil) ladeada por duas policiais disponível no site da Gazeta do Povo. Este projeto de iniciação científica pretende discutir a cobertura jornalística desta notícia a partir de reportagens exibidas em emissoras de televisão para verificar se houve ou não intenção de julgar e condenar a acusada enquanto era denunciada e investigada.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) . Integrantes: Sandra Nodari - Coordenador / Kathulin Tanan - Integrante / Isadora Nicastro - Integrante.
      Membro: Sandra Nodari.
    9. 2012-2013. HUMBERTO MAURO E CINEMA DO REAL
      Descrição: Projeto de Iniciação Científica da Universidade Positivo que se dedica a estudar a obra do cineasta Humberto Mauro um dos maiores cineastas brasileiros, cuja carreira foi constante, tendo produzido filmes ininterruptamente desde o início até o final da vida, um caso raro na cinematografia brasileira. Finalizou cerca de 260 filmes, entre cinema de ficção e documentário. Sua participação no cinema documentário teve grande destaque por ter sido diretor do INCE - Instituto Nacional do Cinema Educativo, momento do cinema brasileiro a produzir filmes educativos. O objetivo geral do trabalho foi mergulhar em sua obra e apresentar uma análise relevante a cerca de seu papel no cinema documentário e nas alternativas de representação do real.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (1) . Integrantes: Sandra Nodari - Coordenador / Priscila Pacheco - Integrante.
      Membro: Sandra Nodari.

Prêmios e títulos

  • Total de prêmios e títulos (33)
    1. Compartilha Docência - Melhor Prática Acadêmica de 2018 na Área de Humanas, Universidade Positivo.. 2019.
      Membro: Sandra Nodari.
    2. 22º Sangue Novo no Jornalismo Paranaense - Pelo Campus - 1º lugar - categoria Programa de TV, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2018.
      Membro: Sandra Nodari.
    3. 22º Sangue Novo no Jornalismo Paranaense - Ao Pé da Letra - 2º lugar - categoria Programa de TV, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2018.
      Membro: Sandra Nodari.
    4. 22º Sangue Novo no Jornalismo Paranaense -A Violência contra a Mulher é uma História Real - 1º lugar - categoria Projeto Jornalístico para Web - Gestão de Mídias Sociais, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2018.
      Membro: Sandra Nodari.
    5. 22º Sangue Novo no Jornalismo Paranaense - Tela Un - 2º lugar - categoria Telejornal Laboratório, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2018.
      Membro: Sandra Nodari.
    6. 22º Sangue Novo no Jornalismo Paranaense - Em Nome do Filho: O Luto de Mães que Perderam Filhos em Acidentes de Trânsito - 3º lugar - categoria Videodocumentário, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2018.
      Membro: Sandra Nodari.
    7. 21º Prêmio Sangue Novo do Jornalismo Paranaense - Produto Jornalístico para web - (2º lugar - Ocupações Irregulares em Curitiba), Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2017.
      Membro: Sandra Nodari.
    8. 21º Prêmio Sangue Novo do Jornalismo Paranaense -Reportagem Escrita - Digital (1º lugar - A vida de Coveiro), Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2017.
      Membro: Sandra Nodari.
    9. 21º Prêmio Sangue Novo do Jornalismo Paranaense -Videodocumentário (2º lugar - A Casa), Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2017.
      Membro: Sandra Nodari.
    10. 1º PITCHING SOCIAL PARA DOCUMENTÁRIOS DO CANAL FUTURA, Canal Futura.. 2017.
      Membro: Sandra Nodari.
    11. Expocom Sul 2016 - Programa Laboratorial de TV (Descobrindo Curitiba), Intercom.. 2016.
      Membro: Sandra Nodari.
    12. 19º Prêmio Sangue Novo no Jornalismo Paranaense Telejornal Laboratório Diário Tela Un 2º lugar, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2015.
      Membro: Sandra Nodari.
    13. 19º Prêmio Sangue Novo no Jornalismo Paranaense - catergoria Programa de Televisão - 2º lugar, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2015.
      Membro: Sandra Nodari.
    14. 19º Prêmio Sangue Novo no Jornalismo Paranaense - reportagem para televisão: Relação Morador de Rua e Cão - 2º lugar, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2015.
      Membro: Sandra Nodari.
    15. 18º Prêmio Sangue Novo - 1º lugar - Telejornal Laboratório Tela Un, Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2013.
      Membro: Sandra Nodari.
    16. 18º Prêmio Sangue Novo - 1º lugar - Reportagem para Televisão - Manifestação 17/06/2013, Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2013.
      Membro: Sandra Nodari.
    17. 18º Prêmio Sangue Novo - 3º lugar - Videodocumentário - Retratos de Curitiba - Memórias da Ditadura, Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2013.
      Membro: Sandra Nodari.
    18. Expocom Sul 2013 - Categoria reportagem para Televisão, Intercom.. 2013.
      Membro: Sandra Nodari.
    19. Sangue Novo - REPORTAGEM DE TELEVISÃO - 1º Lugar - Sustentabilidade e Consumo - Alunos: Giórgia Gschwendtner, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2012.
      Membro: Sandra Nodari.
    20. Sangue Novo - Reportagem para televisão - 2º Lugar - Vida Ativa dos Idosos - Alunas: Ana Flávia Bello e Larissa Andrea Nichele, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2012.
      Membro: Sandra Nodari.
    21. Sangue Novo - REPORTAGEM DE TELEVISÃO - 3º Lugar - Jovens Inadimplentes, Alunas: Ana Flávia Bello e Larissa Andrea Nichele, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2012.
      Membro: Sandra Nodari.
    22. Sangue Novo - PROJETO EM TELEJORNALISMO - 1º Lugar - Personalidades Inovadoras - Projeto piloto "Costuristas". Aluna: Priscila Pacheco dos Santos, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2012.
      Membro: Sandra Nodari.
    23. Sangue Novo - PROJETO EM TELEJORNALISMO - 2º Lugar - Programa de TV x N.D.A. Alunos: Carla Catiane de Cristo Rocha e Diego H. da Silva., Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2012.
      Membro: Sandra Nodari.
    24. Sangue Novo - PROJETO JORNALÍSTICO LIVRE - 2º Lugar - Mulheres de Segunda - Alunas: Giulia Lacerda e Suelen Lorianny Osike Barbosa, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2012.
      Membro: Sandra Nodari.
    25. Sangue Novo - TELEJORNAL LABORATÓRIO - 2º Lugar "Tela Un - alunos de 2º e 3º anos, Sindijor - Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2012.
      Membro: Sandra Nodari.
    26. Expocom Sul 2012 (Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação da Região Sul), XIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul - Intercom.. 2012.
      Membro: Sandra Nodari.
    27. Moção Honrosa para o Telejornal Laboratório Tuiuti Vê Curitiba - Direção e Orientação, Assembleia Legislativa do Paraná.. 2010.
      Membro: Sandra Nodari.
    28. Sangue Novo - TELEJORNAL LABORATÓRIO 3º lugar: Tuiuti Vê Curitiba UTP - Direção e Orientação., Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2009.
      Membro: Sandra Nodari.
    29. Sangue Novo - REPORTAGEM PARA TELEVISÃO - 3º lugar: Desigualdades Sociais Norte-Sul de Curitiba - Professor Orientador, Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2009.
      Membro: Sandra Nodari.
    30. Sangue Novo - Reportagem para televisão: matéria, Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2008.
      Membro: Sandra Nodari.
    31. Sangue Novo - Telejornal Laboratório Hora da Notícia - 3º lugar - Professor Orientador, Sindicato dos Jornalistas do Paraná.. 2006.
      Membro: Sandra Nodari.
    32. Sangue Novo - Reportagem para Televisão:?Moda de Brechó? - 3º lugar - 10 º Prêmio Sangue Novo do Jornalismo Paranaense - Professor Orientador, Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná.. 2005.
      Membro: Sandra Nodari.
    33. Sangue Novo - Documentário Velhice hoje ? ?Mal do Século?: Uma doença que oculta segredos - Mensão Honrosa - Professor Orientador, Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná.. 2004.
      Membro: Sandra Nodari.

Participação em eventos

  • Total de participação em eventos (56)
    1. 41º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom. 2018. (Congresso).
    2. 41º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom. Sessão 03 - Gênero, Sexualidade e Discursos - Intercom Jr 8 DT Estudos Interdisciplinares de Comunicação. 2018. (Congresso).
    3. Dia de Jornalismo e Estudos Mediáticos. 2018. (Encontro).
    4. I Encontro Docente.Jornalisteen; Audiovisual na Prática - Exibições para o Canal Futura; Uso do Google Drive para Organizar Documentos do AVA; Descobrindo Curitiba. 2018. (Encontro).
    5. 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 2017. (Congresso).
    6. Comunicação, Memória e Historicidades XI Seminário Temático Intercom. 2017. (Seminário).
    7. Encontro de Comunicação em Rede (Canal Futura). 2017. (Encontro).
    8. IV Encontro da Abej Sul. 2017. (Encontro).
    9. Encontro de Jornalismo em Rede do Canal Futura. 2016. (Encontro).
    10. Intercom ? Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. Coordenadora na Sessão 4: Telejornalismo e espaço público, no Intercom Júnior ? IJ01 - Jornalismo. 2016. (Congresso).
    11. 8º Encontro de Jornalismo em Rede. 2015. (Encontro).
    12. Avaliador Intercom Jr Rio 2015. Avaliador no Intercom Júnior - Jornalismo. 2015. (Congresso).
    13. Mostra Cinema Pela Verdade - 4ª Edição - debatedora.Debatedora da mesa de discussão após a exibição do filme Democracia em Preto e Branco. 2015. (Outra).
    14. Mostra Cinema Pela Verdade - 4ª Edição - debatedora.Debatedora da mesa de discussão após a exibição do filme Em Busca de Iara. 2015. (Outra).
    15. 15 Encontro Nacional de Professores de Jornalismo.Cobertura Factual como Instrumento de Trabalho no Telejornal-Laboratório Diário Tela-UN. 2014. (Encontro).
    16. Intercom ? Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. DRª MORTE: O CASO DA MÉDICA ACUSADA DE MATAR PACIENTES NUMA UTI EM CURITIBA E A ÉTICA JORNALÍSTICA. 2014. (Congresso).
    17. V Encontro de Pesquisa e Iniciação Científica da Universidade Positivo.Dra. Morte: O caso da Médica Acusada de Matar Pacientes numa UTI em Curitiba. 2014. (Encontro).
    18. V Encontro de Pesquisa e Iniciação Científica da Universidade Positivo.O Papel do Cigarrro no Filme "A Busca". 2014. (Encontro).
    19. IV Encontro de Pesquisa e Iniciação Científica da Universidade Positivo I.Humberto Mauro e o Cinema do Real. 2013. (Encontro).
    20. SEMINÁRIO NACIONAL CINEMA EM PERSPECTIBA.HUMBERTO MAURO E CINEMA DO REAL. 2013. (Seminário).
    21. Intercom 2012. A Pesquisa como Fundamento no Roteiro de Documentário. 2012. (Congresso).
    22. Intercom Sul 2012. Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos e o Pós-Modernismo. 2012. (Congresso).
    23. "Como Elaborar Planos de Ensino". 2011. (Outra).
    24. 6º Seminário de Pesquisa em Artes da Faculdade de Artes do Paraná.Membro da Comissão Científica. 2011. (Seminário).
    25. Palestra - aprender ou não aprender - uma questão de estilos. 2011. (Outra).
    26. Cinema e suas Linguagens - Políticas Culturais e Leis de Incentivo. 2011. (Seminário).
    27. Como Orientar TCC. 2011. (Outra).
    28. PPU - Convivendo com as diferenças entre as gerações. 2011. (Outra).
    29. Diário de Classe. 2011. (Outra).
    30. III Enpecom - Encontro de Pesquisa em Comunicação.Ovos de Dinossauro na Sala de Estar - mediadora. 2011. (Encontro).
    31. II Seminário Regional de Telejornalismo Intercom-Grupo RPCom. 2011. (Seminário).
    32. OBJETIVOS DO TCC E O PAPEL DO PROFESSOR NA SUA ORIENTAÇÃO. 2011. (Oficina).
    33. O Professor na Hora da Verdade (palestra). 2011. (Outra).
    34. Portal Universitário - Ferramentas de Avaliação. 2011. (Outra).
    35. O Papel da Mulher na Sociedade Atual.O Papel da Mulher na Sociedade Atual. 2010. (Outra).
    36. Primeiro Seminário Regional de Telejornalismo. 2010. (Seminário).
    37. Lançamento da Revista Juliette 001.A obra de Vladimir Carvalho. 2008. (Outra).
    38. VI Encontro Paranaense de Pesquisa em Jornalismo."O Sequestrador e a Representação no documetário Ônibus 174". 2008. (Encontro).
    39. Cinema Br em Movimento.Cinema BR em Movimento. 2004. (Outra).
    40. Cinema BR em Movimento - debates.O Telejornalismo no Documentário Ônibus 174. 2004. (Outra).
    41. Comunicação e Cidades (Mesa Redonda).Comunicação e Cidades. 2004. (Outra).
    42. Encontro Documentário - história, ética, linguagem, memória, expressão e realidade.Encontro Documentário - história, ética, linguagem, memória, expressão e realidade. 2004. (Encontro).
    43. VIII Encontro Socine - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema. 2004. (Encontro).
    44. XXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 2004. (Congresso).
    45. XXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Ônibus 174: a Intertextualidade entre Cinema e Televisão. 2004. (Congresso).
    46. XXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Ônibus 174: a Intertextualidade entre Cinema e Televisão. 2004. (Congresso).
    47. 10º Expocom - Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação. Expocom 2003. 2003. (Congresso).
    48. Palestra a Língua Portuguesa nos Bastidores da Notícia com Pasquale Cipro Neto. 1997. (Outra).
    49. I Seminário Internacional de Radiojornalismo. 1996. (Seminário).
    50. Seminário Estadual de Comunicação Rural. 1996. (Seminário).
    51. XV Congresso Paranaense de Radiodifusão. 1996. (Congresso).
    52. 2º Congresso Estadual dos Jornalistas do Paraná. 1995. (Congresso).
    53. 2º Seminário Revista de Comunicação. 1995. (Seminário).
    54. Trilha da Cultura - Oficina de Vídeo. 1995. (Oficina).
    55. V Semana de Comunicação. 1995. (Outra).
    56. VIII Encontro Regional de Estudantes de Comunicação. 1994. (Encontro).

Organização de eventos

  • Total de organização de eventos (3)
    1. NODARI, S.. 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. 2017. (Congresso).. . 0.
    2. NODARI, S.. Curso de Extensão Novas Plataformas Audiovisuais Web e Mobile. 2012. (Outro).. . 0.
    3. NODARI, S.. Cinema BR em Movimento. 2004. (Outro).. . 0.

Lista de colaborações

  • Colaborações endôgenas (0)



    (*) Relatório criado com produções desde 1900 até 2019
    Data de processamento: 07/10/2019 22:01:34